logo

Cuidados com a pele após os 40: o que você precisa fazer?

Cuidados com a pele após os 40: o que você precisa fazer?

Quando chegamos aos 40 anos, é natural que o corpo passe por mudanças. Afinal, o organismo atravessa um processo natural e contínuo de envelhecimento. Isso inclui, por exemplo, pele e cabelos. Por isso, é importante se atentar nos cuidados com a pele após os 40.  

Mas, não, não é uma questão de “esconder” rugas por vergonha da idade. Pelo contrário, a maturidade só nos traz experiência e empoderamento. Trata-se, no entanto, de cuidar da saúde da pele, fortalecendo-a e evitando que fique ressecada.  

Além disso, não falamos de uma rotina intensiva e cara de skin care, mas de cuidados mesmo simples. Quer ver só?  

 O que surge na pele após os 40 anos?  

Os cuidados específicos com a pele após os 40 anos começam com o surgimento de alguns sinais típicos desta faixa etária. Por exemplo, ruguinhas mais evidentes e até menos firmeza. Veja: 

    • Rugas e linhas finas mais evidentes  
    • Manchas escuras pela exposição ao sol e alterações hormonais  
    • Perda da elasticidade e firmeza, pois a renovação celular diminui e, consequentemente, a pele fica mais fina e frágil 
    • A pele fica mais ressecada porque também há menor produção de sebo 

    Por fim, a taxa de reparo no DNA, responsável pela cicatrização quando nos machucamos, também diminui. Ou seja, a regeneração após um ferimento, por exemplo, fica mais lenta.  

    Como cuidar da pele após os 40? 

    Diante de tantas preocupações, o que fazer para intensificar os cuidados com a pele após os 40? Como já pontuamos, é nesta faixa etária que a pele começa a perder um pouco mais da firmeza. Por isso, as linhas tornam-se mais evidentes.  

    Nada de desespero, entretanto! Algumas medidas ajudam bastante nesse sentido. 

    Tire a maquiagem antes de dormir  

    Esse cuidado é importante em qualquer fase da vida, mas após os 40, deve-se tomar ainda mais cuidado. Os resíduos impedem que a pele respire e, consequentemente, há maior chances de desenvolver irritações e alergias.  

    Com isso, a pele vai perdendo sua textura e, aí, vêm mais rugas e linhas finas.  

    Continue com o filtro solar 

    Mais do que nunca, é hora de proteger a pele dos raios UVA! Afinal, com o tempo, a pele vai perdendo a capacidade de se recuperar dos danos causados pela exposição ao sol.  

    Assim, fica cada vez mais áspera, com manchas e rugas acentuadas. Diferente de uma pele que envelheceu de forma saudável. Por isso, invista no filtro solar com, no mínimo, fator 30. E isso vale tanto para os dias de sol quanto nublados e frios.  

    Reponha o colágeno  

    O envelhecimento também leva à redução da produção de colágeno, proteína fundamental na firmeza e sustentação da pele. Logo, é recomendável iniciar a suplementação com sachês e mesmo a alimentação. Neste momento, dermatologistas e nutricionistas ajudam quando à dosagem e dieta.  

    Use sabonetes apropriados na limpeza de pele  

    Assim como precisa remover maquiagem e usar filtro solar, a limpeza é um dos cuidados com a pele mais importantes após os 40. Mas, não é só lavar com água fria não! O ideal é usar um sabonete adequado para seu tipo de pele e, ao final, hidratar.  

    Para isso, conte com a orientação de dermatologistas para recomendar os melhores produtos.  

    Alimente-se bem  

    Uma dieta equilibrada e saudável não só melhora o aspecto da pele, como faz bem para o organismo de modo geral. Por isso, agende uma consulta com nutricionista ou nutrólogo para inserir nutrientes necessários, ao mesmo tempo, em que retira aquilo que faz mal. Por exemplo, açúcar e gordura em excesso. E, se necessário, iniciar um processo de suplementação.  

    Preciso do acompanhamento de um dermatologista?  

    Com certeza! Um dos cuidados com a pele após os 40 anos é, justamente, contar com o acompanhamento de um dermatologista. O profissional faz o diagnóstico e tratamento de doenças dermatológicas, além de prevenir o envelhecimento precoce da pele.  

    Alguns dos motivos pelos quais você deve consultar um dermatologista após os 40 anos:  

      • Prevenção do câncer de pele por meio de exames e orientações  
      • Tratamento de doenças dermatológicas, como acne, eczema, psoríase, rosácea e vitiligo. 
      • Prevenção do envelhecimento precoce da pele com tratamentos adequados, inclusive procedimentos estéticos seguros e naturais  
      • Promoção da saúde geral do corpo, identificando e tratamento problemas que podem se manifestar na pele, como diabetes, doenças da tireoide e disfunções hormonais. 

      Por isso, agende sua consulta com um de nossos dermatologistas para ter uma pele cada vez mais saudável, seja qual for sua idade.  

      Além disso, acompanhe nossas redes sociais para dicas sobre saúde!  

      Utilizamos cookies essenciais e tecnologias para oferecer melhor experiência e conteúdos personalizados, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.


      Li e aceito as políticas de privacidade.
      Fale pelo WhatsApp
      Agendamento Online
      Clique para Ligar